nucind

Archive for agosto \20\UTC 2010|Monthly archive page

O Último Mestre do Ar (The Last Airbinder – 2010)

In Cinema on agosto 20, 2010 at 23:41

M. Night Shyamalan, fez um projeto ousado e milionário em O Último Mestre do Ar, filme baseado na série de desenhos (AVATAR, A Lenda de Aang), este que por sinal tem mais emoção e aventura que o filme, onde poderia ter sido usada a receita de O Senhor dos Anéis.

A nação do fogo está em guerra com as demais nações, da água, do ar e da terra, o conflito ja dura um século e não há a menor previsão de quando chegará ao fim, neste contexto Aang (Noah Ringer), descobre ser o único “ser” capaz de controlar os 4 elementos, sendo assim ele se une a Katara (Nicola Peltz) e seu irmão Sokka (Jackson Rathbone), estes também guerreiros para encontrar o balanço necessário para que a paz exista.

Acredito que Shyamalan teve grande influência de seus filhos neste projeto, uma vez que este projeto em particular nada tem a ver com os seus projetos anteriores, já que este não foi bem sucedido e o risco foi bem maior. Shyamalan, fez o roteiro, a direção e a produção do filme que não teve nada de inovador e interessante.

São frequentes os contrastes nas cenas, ora bem elaboradas e com uma direção de arte muito bem feita, ora mal elaboradas, chegando a parecer uma cena de acampamento de “MST”! Contrastes à parte, o pecado não para por aí, o elenco foi mal selecionado, parecendo não ter havido casting dando a impressão de que  Shyamalan, pegou meia duzia de moleques em um pátio de escola para fazer o filme, até quem ja tem experiência na sétima arte, não conseguiu atuar como Dev Pastel (Quem Quer Ser Um Milionário?).

Infelizmente, a história do filme distorce princípios morais e éticos dos budistas, um erro imperdoável do roteirista, como exemplo desta falha, pode-se citar a cena em que aparece um monge traindo Aang, em troca de um punhado de moedas, colocando o aspecto cultural em uma posição nada favorável.

Planos longos, poucos cortes, uma montagem lenta, elenco fraco e de quebra um romance (a la Televisa), mostram um filme que não evolui, e nos engana deixando sempre a impressão que vai melhorar, o que salva um pouco o projeto do fiasco total, é a direção de fotografia de Andrew Lesnie.

Pessoalmente, espero que este não seja um novo segmento de M. Night Shyamalan, já que este é um grande diretor, conhecido por suas produções diferentes e alternativas !!!

Siga a flecha azul e descubra o que Aang é capaz de fazer….

Por Juliante Treska
Nucind Curitiba

Avaliação: 

Estréia nos cinemas 3D: 20/08/2010

A Origem (Inception – 2010)

In Cinema on agosto 6, 2010 at 20:06

Finalmente após alguns anos um filme extremamente original, desde a sua origem. Após ver A Origem, fiquei durante alguns minutos sem fala, não sabia onde estava ou melhor onde aquele filme estava? Não sei se era presente, futuro, dimensão paralela, sonho, sonho de um sonho ou passado.

O aclamado diretor Christopher Nolan dirige um elenco estelar em A Origem, filme de ação original que viaja ao redor do mundo e também pelo íntimo e infinito mundo dos sonhos.

Dom Cobb (LEONARDO DICAPRIO) é um talentoso ladrão, o melhor na arte de arrancar sonhos na origem: rouba segredos valiosos do profundo subconsciente durante o sono das pessoas, quando a mente está em seu estado mais vulnerável. A rara habilidade de Cobb o tornou um jogador hábil neste novo e escorregadio mundo da espionagem corporativa, porém também fez dele um fugitivo internacional e lhe custou tudo o que ele sempre amou na vida. Agora, Cobb tem a chance de se redimir. Um último trabalho poderá lhe devolver sua vida, se ele conseguir o impossível: acesso à origem das informações. Em vez do roubo perfeito, Cobb e sua equipe de especialistas têm de fazer o oposto; a tarefa deles não é roubar uma ideia, e sim plantá-la. Se eles conseguirem realizá-la, poderá ser o crime perfeito. Mas todo cuidado, planejamento ou experiência são pouco para que a equipe consiga lidar com o perigoso inimigo que parece prever cada um de seus movimentos. Um inimigo que apenas Cobb consegue detectar.

Desta vez, sua mente servirá de palco para um crime.

A Origem foi escrito e dirigido pelo indicado ao Oscar Christopher Nolan (Amnésia e O Cavaleiro das Trevas), que também é o produtor do filme, ao lado de Emma Thomas.

Imperdível em IMAX 2D, A Origem foi remasterizado digitalmente em qualidades de som e de imagem incomparáveis na IMAX Experience, por meio da tecnologia IMAX DMR®. Com imagens extremamente nítidas e o som digital alinhado a laser, além de um campo de visão maximizado, o IMAX fornece a experiência cinematográfica com mais imersão.

O filme além da qualidade da fotografia e das cenas, tem um roteiro muito bem amarrado e convincente, mexe com a particularidade dos sonhos, onde sabemos que tudo é possível e todos já tiveram a experiência, mas nosso cerebro ainda é uma incognita, onde comparamos aos computadores, mas sabemos que é superior.

Também pudemos ver nele muitas referências a grandes artistas, arquitetos e até na psicanálise.

As atuações foram muito convincentes e certeiras, num projeto arrojado e diferente, qualquer desvio de atuação ou falha no roteiro poderia destruir.

Por isso não fique ai dormindo e corra ao cinema ou melhor sonhe com A Origem. Pois isso pode ser um sonho!?!

Por Fulton Nogueira
Nucind Curitiba

Avaliação:

Estréia nos cinemas: 06/08/2010

%d blogueiros gostam disto: